PARABÉNS MANOEL DE OLIVEIRA

PARABÉNS MANOEL DE OLIVEIRA


Decano dos realizadores mundiais em plena actividade criativa, Manoel de Oliveira é, para enorme honra do Fantasporto, o patrono da Semana dos Realizadores.

Nada melhor para comemorar a arte do cinema, do que homenagear Manoel de Oliveira nos seus 104 anos com a exibição em grande ecrã dessa obra emblemática do cinema português que é “Aniki Bobo”, nos 70 anos da sua estreia.

Filme lendário no que representou para a cidade do Porto, “Aniki Bobo” é uma recriação do neo-realismo à sociedade portuguesa, um exemplo de uma época em que o cinema português era feliz e conquistava os favores do público.

Será difícil encontrar um português que não tenha visto esta obra e que não entoe a rima que serve de “leitmotiv” da história.

Filme do Porto com pronúncia à moda do Porto, atravessou gerações, décadas, mantendo um encanto numa visão repetida, a que poucos filmes resistem.

Na sua irradiante autenticidade, com os seus actores não profissionais, “Aniki Bobó” é o cinema no seu esplendor absoluto. Poético, dramático, divertido e com uma profunda humanidade nos valores que propõe, revisitar “Aniki Bobó” é uma experiência única.