A GRANDE ABERTURA DO FANTASPORTO 2011

A GRANDE ABERTURA DO FANTASPORTO 2011


A 31ª edição do Fantasporto abriu oficialmente esta sexta-feira, 25 de Fevereiro, com casa cheia e a presença de convidados ilustres. O Ministro das Finanças, Prof. Teixeira dos Santos, esteve a representar o Governo no Grande Auditório do Teatro Rivoli para o arranque da edição 2011 do Festival Internacional de Cinema do Porto. Também presentes, a delegada do Norte do Ministério da Cultura, arquitecta Paula Silva, vários deputados dos mais diversos partidos e líderes de bancadas parlamentares. 


O Fantasporto começou com a exibição em antestreia europeia do filme “The Resident” de Antti Jokkinen, na presença do realizador. A norte-americana Hilary Swank, vencedora de dois Óscares de melhor actriz em “Os Rapazes não Choram” e “Million Dollar Baby – Sonhos Vencidos” é a protagonista. O britânico “Sir” Christopher Lee completa o elenco deste filme produzido pela mítica produtora “Hammer Films”, que assim volta a assumir essa denominação nesta co-produção com os Estados Unidos. A “Hammer”, responsável por obras como “The Curse of Frankenstein” (1957) ou “Dracula” (1958), tem agora um projecto de alguma continuidade estando previstos para já três novos filmes, todos eles produzidos por Hillary Swank (já vencedora do Prémio de actriz no Fantasporto, no seu filme “Boys Don´t Cry”) e também produtora de “The Resident”. 


Os Júris Internacionais das 4 secções competitivas do Fantas já reuniram pela primeira vez e vão ter de arregaçar as mangas a partir de hoje dado terem muitos filmes para ver...No fantástico Mick Garris, Julian Grant e Raoul Toural, na Semana dos Realizadores, Maria de Medeiros, Stephan Le Lay e Tiago Guedes, no Orient Express, Stephen Weiz, Xose Carlos Fernandez e François Casales e para o Cinema Português, Jorge Campos, José Pimenta de França e Artur Barros.
 
Outros Convidados

Para alem do realizador do “The Resident” filme de Abertura Oficial do Fantas se encontrar entre nós, no Porto, hoje vários filmes serão apresentados pelos seus realizadores ou actores. São eles...EXORCISMUS, exibidos às 15horas, “The Extraordinay Adventures of Adele Blanc Sec” com a lindíssima Frederique Bel, “The Man Who Saw Frankenstein Cry “ ou “A Day of Violence”, o filme que fecha a noite no Pequeno Auditório do Rivoli...Entretanto já muita comunicação Social estrangeira está a chegar ao Fantas...atenção sobretudo aos canais abertos e cabo, como a Euronews, História, National Geographic, Mov, Hollywood, Porto Canal e outros...o Fantas também passa por ali...

Este ano os amantes do cinema têm obrigatóriamente de dormir muito pouco. Vão ter de sair do Rivoli, por volta das 4 da manhã(!) e levanter-se bem cedo para, a custo “zero”, poderem participar num autêntico manjar de grandes…pequenos filmes do programa “As melhores Curtas Europeias da Década” que lhe é oferecido no Pequeno Auditório desta sala de Cultura da cidade do Porto, sede do Festival, que é o Rivoli. Este é um dia em que se podem ver mais de 20 sessões de cinema…antestreias absolutas em Portugal, excepto os filmes das retrospectivas. Hoje na competição, muitos filmes (e bons) a ver e a não perder Para destacar só dois deles, o último Luc Besson “…Adéle Blanc” e o filme “gore” islandês(!) “Reykjavik Whale Watching Massacre” de Julius Kemp. É o Fantas de volta ao Porto…é o cinema em toda a sua dimensão, mais uma vez com especial destaque para o vindo da Europa e da Ásia. 
Até ao dia 6 de Março, o Teatro Rivoli é o centro da Sétima Arte.