()



  • WOMAN REVENGER ()


    A heroína sofre a degradação total mas ressurge implacável e sexy contra os gangsters, os traficantes, a prostituição e a violência. É o mais característico filme desta onda de mulheres lutadoras.

  • NEVER TOO LATE TO REPENT ()


    Aos 13 anos ele vivia nos bairros de prostituição como angariador de clientes, até à altura em que é condenado a 15 anos de prisão por homicídio. Este filme marcou o tom da onde de B-movies que se seguem.

  • AJIN: DEMI-HUMAN ()


    Vindo da maior companhia de cinema do Japão, a Toho, e no seguimento do acolhimento há 2 anos de “I’m Not a Hero” no Fantasporto, chega-nos agora uma história fantástica sobre humanos que não morrem, numa perspectiva cheia de originalidade e acção, questionando o poder daqueles que sabem que podem fazer tudo sem consequências. Selecção do Festival de Paris.