GRANDE PRÉMIO - LES AFFAMèS

GRANDE PRÉMIO - LES AFFAMÈS (CANADá)


 

23:30 • Les Affamés

Robin Aubert, 97’ - Canadá (Fantasy)  - CF 

- v.o. leg. ingl. /leg. port. - PRÉMIO MELHOR FILME E MELHOR REALIZAÇÃO C. FANTÁSTICO

Numa pequena e remota aldeia do Quebec, os habitantes locais sofreram terríveis modificações e de repente viraram-se contra as pessoas que mais amavam. Do cineasta canadiano Robin Aubert (“Saint Martyrs des Damnés”, foi Prémio de Melhor Realizador no Fantasporto 2006), este filme foi considerado Melhor Filme do Canadá no Festival de Toronto. Teve ainda prémios também em Montreal e em Madrid. 

 

Antecedido por

Belle à Croquer • Axel Courtière, 14’57’’ (Fra) - PRÉMIO MELHOR CURTA METRAGEM FANTÀSTICA

 

Uma mulher prepara-se para seduzir um homem mas afinal vai cair nas mãos de um canibal gourmet. Com Catherine Deneuve.Fantasy Award no Festival de Rhode Island. 

 


 

 


  • BIKINI MOON - ANTESTREIA EUROPEIA (CANADá)


    Do realizador vencedor do Leão de Ouro do Festival de Veneza em 1995, Prémio de Carreira do Fantasporto 2016, com mais de 15 prémios internacionais, entre os quais o da UNESCO.

  • THE BUTCHER, THE WHORE AND THE ONE-EYED MAN (CANADá)


    Mais um brilhante exemplo do cinema húngaro. O lento declínio dos homens, mergulhando num mundo de pecado e mal-dizer em que um triângulo amoroso vai mostrar aspectos inesperados e truculentos. Do realizador de “Opium: Diary of a Mad Woman”, Prémio de Realização no Fantasporto em 2008, e “Woyseck”, vencedor do Prémio Europeu de Jovem Filme do Ano. Selecção dos festivais de Ghent e Haifa.

  • WOMAN REVENGER (CANADá)


    A heroína sofre a degradação total mas ressurge implacável e sexy contra os gangsters, os traficantes, a prostituição e a violência. É o mais característico filme desta onda de mulheres lutadoras.